sexta-feira, março 18, 2005

terapia do corpo e da mente

esvaziei-me das dores que trazia penduradas ao coração. libertei-as ao vento e gritei as palavras que ouvira dos tempos da revolução francesa: "liberté, égalité, fraternité". o teu sorriso terno apenas me disse aquilo que eu já sabia. nem mais uma palavra: estou louco.

divorciei-me também das palavras que o vento trazia de outras bocas. de línguas ásperas, em nada doces como a tua. fechei-lhes as janelas da minha porta e baptizei a minha vivenda: «vivenda amor». piroso. pois é. deixa lá.

roubei depois ao tempo os ponteiros do relógio e escondi-os debaixo da minha cama. desde esse dia tem-se escondido das rotinas habituais. dos textos e das palavras. eram 2h15, a hora em que te senti no desejo da paixão e ele - o relógio - nunca mais andou.

entreguei-me, por fim, definitivamente nas tuas mãos. sei que agora nada é firme. o apoio do meu corpo resume-se às pétalas que desenham o teu rosto de flor, mas o embalo é meigo. cresci também. perdi o chão, mas, ri-te agora, ganhei o céu.

a terapia diz que a loucura é saudável se a mente souber sorrir dela. poeta eu? não. apenas num estado de felicidade pura. conscientemente. estou louco, pronto.

15 comentários:

BlueShell disse...

Abençoada loucura...que traz tanta felicidade...
temos dias assim...nem tudo pode ser negrumee desespero.Mas quasetenho medo de serfeliz...é que o Fado espreita...e se compraz em me deitarpor terra quando meencontra assim,feliz.Jinho,BShell

Sukkub disse...

:) és narrador. O nome é piroso sim, mas muito "rico". Acho que o relogio nao devia ter parado.. Atrasado ainda se aceita. Talvez devido a essa fragilidade das petalas :) Vejo que passas por aqui poucas vezes, mas sempre que passas, marcas. Beijo *

isa xana disse...

a tua loucura é o espelho da tua felicidade e é tão bom estar louco se isso significar estar feliz:)

q saudades de te ler, mas como sei que estás tão bem, aceito a tua ausência e sorrio.

e mando-te mil beijos e loucuras mil pela eternidade

Anónimo disse...

tao bom ficar-se "louco" :)

Elsa disse...

e como é bom ser louco... estar louco... sentir-se louco... mas Feliz! Um beijo

Ritinha disse...

Lindo Ricardo.
Beijo grande

Delírio da Loirinha disse...

Olá Ricardo!
Sobre o amor nada perguntes aos sensatos. Pergunta tudo aos loucos. Porque os sensatos pensam sensatamente o que equivale a nunca terem amado...
Beijinhos doces D.L.

Vera Cymbron disse...

Já tinha saudades tuas!
E que bonito texto nos ofereces na volta!
Jinhos e bom fim de semana.

La Luna disse...

a loucura faz-nos sempre tão bem...
era tão bom se fossemos sempre todos loucos... viveriamos num mundo,sem duvida, melhor!!!
gosto muito da maneira como escreves!
parabens!

La Luna disse...

a loucura faz-nos sempre tão bem... era tão bom que fossemos sempre todos loucos...
viveriamos,sem duvida, num mundo bem melhor!
gosto muito da maneira como escreves!
parabens!

AmigaTeatro disse...

haaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!

Porque gritar faz bem! =D

Vab disse...

é tão bom quando nos entregamos e libertamos as dores que nos pesam. qdo nos divorciamos das palavras cruéis e kd temos poder sobre o tempo.. :)

soldeinverno disse...

ganhei o céu... eu também... sempre que te visito... seria tão bom se o tempo pudesse parar... adorei, Volto sempre...

Estrela do mar disse...

...Ricardo...mas que bela "loucura"...e se te sentes feliz...melhor ainda...já agora...que este inicio de Primavera...te traga tudo de muito bom...
Um beijinho*.

Sofia disse...

É bom saber que há homens com uma sensibilidade destas. Sorte a da(s) tua(s) amada(s). O texto é lindo, especialmente a parte em que o relógio para nas 2.15.
:@